segunda-feira, 22 de agosto de 2011

- Talvez um domingo...

Tua mão na minha
E me veio uma certeza.  Não era mais como antes. E como o tempo foi bom conosco, sem magoas, sem rancor, sem ressentimentos.
Mudanças é algo indispensável na vida de qualquer pessoa. Faz mudar os erros, faz mudar raciocínios, faz mudar espírito e surge uma nova forma de lidar com o que passou.
De volta ao estágio inicial. Brincadeiras, conversas, fricotes anteriores. - Esses não mudaram mesmo. Não precisava mudar mesmo, vamos nos adaptar aos nossos trejeitos.
A calma apontava nos nossos dedos. Um singelo gesto e um carinho sem nenhuma mera malicia e sem maldade. Não precisava de empreitadas para nos entender.
 Era apenas uma falta que um sentia do outro. Sentimentos bons vêm e vão. E porque não sentir, não tem porque mentir... ?
 E quanto tempo faz que não nos falávamos?
Certas coisas não tem sentido e nem razão para acontecer. E la se foi o tempo correndo entre os ponteiros.

Foi bom te rever. Uma vez amigos, eu conto com você e você conta comigo. É assim que crescemos.É assim que mudamos.

2 comentários:

Bruma.... disse...

Declaro que: quando eu crescer quero ser como você...

Esses fatos vís disse...

ooh bondade sua Báh...*-*