sexta-feira, 20 de maio de 2011

Antes e depois...



Antes poderia dizer que andava assim um tanto sem graça, desanimada.
( há dias que estamos assim, eu por exemplo)

Antes poderia ate ousar em dizer que andava triste.
Antes até poderia dizer que não encontraria mais outro alguém.

Ou se antes fosse ter de volta uma maneira melhor pra sorrir, e tenho.
Antes não mas imaginava o que é dá e ser retribuído com um gesto simples.
Antes não imaginava que amizades durariam por muito tempo,que tudo era um questão de boa convivência,hoje vejo ao contrario.
Antes não acreditava na cura, seja ela qual for.Depois vi que existe outra forma de pensar.

Antes acreditava ser só mais uma pessoa com medo do futuro, o que me aconteceu?
Antes acreditava em acasos, depois vi que isso não existe.Chama-se destino? – Me perguntaram. Não sei bem certo.
Antes não acreditava muito na bondade de algumas pessoas, depois notei que até enganam bem, as aparências enganam até.

 - Antes mais tarde do que nunca.
Já vi que “O pouco” que me pertence já me fez melhorar, clareou meu dia, fez-se cor lá fora.

 “O Depois” agora segue, segue com vontade, uma nova vontade de tentar. Ou melhor, novas palavras, novos gestos, atenções redobradas, são que preciso.
Não sei bem certo, se isso é ilusão ou talvez uma porta preste a se fechar. Mas pretendo abri-la e fazer o inicio mais uma vez.
Este é o nosso caso, nosso encontro marcado.
O destino só fez armar os laços e cá estamos nós.
Amanhã ou depois tanto faz. Segue-me que eu conheço outro lugar bem melhor pra se aconchegar.
Todo tempo é só essa espera. Todo dia é só mais um dia, que aprendo.

    “ Que apesar de tudo ela tem sonhos ‘

- E seremos felizes se Deus quiser. ☺
                                                                                  
 Nádia D.

Um comentário:

Jerlley disse...

o Baixinha réa Boa.
Boa nos textos, e cada vez melhorando.

'Cara tô com tanta saudade de tu, Carol ^^