domingo, 31 de outubro de 2010

- Tente fechar os olhos



Era pra ter sido diferente, era pra ser explicito, ou melhor naquele dia tive um momento implícito,as vezes não é como planejamos,é uma questão de tempo, de segundos pra tudo que se foi imaginado desapareça como num passe de mágica.
O olhar deixou a mostra, num segundo teu no meu o que não pude expressar com palavras.São tantos formas de adjetivos para serem expressadas,mas elas foram embaraçadas ao te ver tão perto de mim.
Palavra quase dita assim pode adequar a esse momento, mas elas saíram de outra forma, talvez o mais doce, simples, ate mais leve e sutil maneira. Tua respiração, teu tocar em minha pele facial, o olhar vibrante sereno...Sim, essa foi à forma mais bela e sincera,como se eles transbordassem textos enormes,te explicando o quanto eu estava radiante,o quanto eu estava feliz só em te ver outra vez por perto,o teu enroscar em abraços fervilhou o meu sangue ‘'Frio'’.
Teus olhos pareciam dizer – Não se perca de mim.O nosso amor não vai olhar para trás, e tudo que eu já sentir foi tão bonito, como se o tempo que por um segundo quisesse parar ali como uma estátua.
Eu por frações de segundos fechei os olhos sonhei outra vez,memórias que a mente insiste em guardar.
Texto de autoria: N.D*



'' Você vive fora da batida do meu coração Ou deixe-me num sono profundo mais e mais ''

Cain's Offering


3 comentários:

Bruma.... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruma.... disse...

"a mente insiite em guardar...e a gente fica alí remoendo,guardando..afff...
lindo demais o seu blog....
estarei sempre passeando por aqui..

Esses fatos vís disse...

*-*
aaah bah,não me faz acreditar