quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

- Bandido Amor


" Porque é tão errado e tão certo pelo que sentimos. "


Incrível como o errado nos parece certo.
O "amor" Bandido como conhecido, é um conto (nada de fadas) que poucos tem,
O Errado que nos faz mergulhar num oceano de luxuria, de sete pecados ficarem ingênuos entre os julgados.

O Errado deixa-nos de cabelos em pé! Arrepios são falas indiretas. O gosto acido e quente desce rasgando a garganta, cai como gelo na espinha. Treme a boca, treme as mãos. Câimbra percorrem as pernas. É uma "tortura" insana a espera da próxima vez.

Clama fervura no toque de pele, clama insanidade marota. Sarcasmo entre sorrisos de canto de boca. Da boca que geme, clama pela vitoria de suspiros profundos.
Bandido Amor, que ciúmes não podem ser expressos. Aceitação de ser "segunda" opção semanais, mas na primeira fila (do errado)de sempre. Sem argumentos, sem passos vigiados.
O Certo nos prende a monotonia do enlace calmo.Justo. Companheiro. Claro que isso é correto, mas é nesse conforto que nos desconfortamos com a mesmice do Amor singelo.Arrisque-sem.E Viva a Bandidagem .

Nenhum comentário: