sábado, 13 de novembro de 2010

- Tudo começa como um dia chega ao fim (♪)






Para mim é muito difícil, mas um dia isso iria acontecer infelizmente um dia viria átona
O fato é o seguinte, to meio cansada de entretecer ternuras, mas o que eu sentia de mais puro vem se esvaindo, o Amor vem se perdendo aos poucos e esses poucos serão nada em alguns determinados dias.

Não estou sendo grosseira, ou mesmo radical. Dói-me ter que expulsa-lo, sim e como dói. Foram tantos desencontros até que um dia eu pude senti-lo, conquistá-lo foi tão difícil.
Meu Amor  foi como um quebra-cabeça de mil peças,daqueles bem complicados que exige paciência e tempo para que tudo encaixe perfeito.
Ele se expandiu se alastrou como o fogo queimando o campo seco. Amadureceu com o passar de anos, que de tão pequena era que enfim tomou uma dimensão estrondosa.
Quando nos deixa nos fere,machuca,dilacera, deixa-nos com a dor incontrolável, que passamos a traduzi-las em lágrimas ou com palavras que aqui descrevo.
Mesmo crendo no infinito, desacreditei em todas as juras ditas, é difícil chegar a esse ponto de ter que esquecer, pena que não podemos apenas apertar a tecla ‘’Delete’’ do PC ou dá tchau em varias línguas.Seria tão mais simples e mesmo doloroso ,fomos donos do que hoje não há mais, desse sentimento que nos  fez flutuar em deletérios.

Os pensamentos preferem calar, talvez esteja me precipitando, Mas sabe como é difícil encontrar
A palavra certa, só que não tenho mais coragem de falar sobre nós dói. Vontade de voltar fazer a coisa certa... Eu mesmo triste estou Feliz. Sim, feliz por ter saúde de pra lutar, [apesar de permanecer desconfiada] mas eu estou disposta a construir um novo futuro e creio que tudo dará certo.

Alguns saem dessa situação melhores,já outros destruídos,nem vou dizer em qual desses me adéquo [kkkk³].Sou uma aprendiz, prometo que dá próxima vez que esse sentimento furar em mim outra vez,estarei pronta com todas as armas,vou tirar de letra,Prometo!
Eu vou vencendo sem mais feridas,sem despedidas,levanto pelo menos a bandeira branca,darei uma trégua nesse tão de Amor,pra que ele possa ser de alguém especial num horizante distante.
^^


 Texto de N.D*




Já dizia Nando Reis :
- Quando aconteceu? Não sei.
Quando foi que eu deixei de te amar?





 ‘’  Eu quero paz,Quero dançar com outro par     
 pra variar, amor ‘’


                                      
                          
                                                                     - ♪ Los Hermanos ♪ -

9 comentários:

Jerlley disse...

E tu vai se sair bem, e se entrar melhor ainda.

Kellen Sammantha' disse...

Eu quero tanto que ele me fure! *-* KK' Texto lindo ammr! (:

Esses fatos vís disse...

Jerlley,tu vai ser eu vou me dá bem da proxima vez \ô/


-----------------

Samantha kkkkk
fure é?
saliente kkkkkkk
brigada eu que adoro os seus ^^

Bruma.... disse...

"quero dançar com outro par pra variar amor..." e só pra variar....
adorei o texto..aliás adoro seu blog...

Esses fatos vís disse...

*-* aaah Bah eu adoro mais o seu

Bruma.... disse...

"E depois de tudo, ainda que essa situação tenha durado muito tempo, você vai para um lugar novo e conhece pessoas que te fazem sentir útil de novo e vai recompondo a alma, pedaço a pedaço. E toda aquela confusão, os anos desperdiçados da sua vida começam a desaparecer.”(Fala da atriz Kate Winslet-O amor não tira férias)
e é assim q acontece minha flor...
te dolo...

Esses fatos vís disse...

Nossa Bruma ^^
foi o comentario mais importante que me disseram *-*

agradeço pela força,eu tb te adoro muito

Bruma.... disse...

leio esse texto...e toda vez percebo uma coisa nova...nossa como eu queria dançar em paz com outro par....como eu queria.....

Anônimo disse...

essa bruma até que é gostosinha